Baú do Bohemio: sonho

A vida é um sorriso de criança

Olha para o sorriso de uma criança. Diz-me se não é ali que sabes que existem todas as possibilidades da vida. Eram tantos os sonhos que vinham brincar lá no bairro, depois da escola. E andávamos todos descalços das responsabilidades dos adultos, nós, os miúdos,

Não deixes, meu menino

Quando és pequeno, ninguém te explica que as pessoas te morrem. Elas vêm residir em nós, fazem-nos pertencer e depois morrem. Quando és pequeno, ninguém te conta que os sonhos te morrem. Eles vêm alojar-se em nós, fazem-nos crer e depois morrem. E é isso

300km de respiração

A verdade é que te quero perto, aqui ou aí, tanto faz desde que seja perto. Perto dos olhos, perto dos lábios, perto do corpo. Quero-te agora e para sempre. Quero-te com toda a sede de um moribundo num deserto de ilusão. Quero-te a matar-me

Gostas desta taberna? Então espalha as palavras ;)