Baú do Bohemio: tempo

No momento em que te espero

Espero-te, na sombra da tarde. Espero-te, consciente do que espero. Espero-te, sabendo bem o que espero. Sei que foste antes de mim, assim como fui antes de ti. E mesmo assim, espero por ti, não sabendo sequer se é de ti que espero. Mas espero.

Encontrei-te no tempo

Hoje viajou-me o tempo pelo chão que tremia. Passaram-me todos dias pela retina. Atravessou-se o mundo pela janela da mente e logo, iminente, lembrei-me de uma porta que se abria. Aconteceu-me um sorriso a vestir a perfeição e depois a escravidão do momento. Nasceu uma

Para o homem da minha vida

Não sei qual é o fuso horário do lugar onde estás. Por aqui, o relógio marca 19 anos e menos um dia, porque este é teu, mais do que o outro, porque foi este que te trouxe. E batem, precisamente, 19 anos no pulso e

Gostas desta taberna? Então espalha as palavras ;)