Do nada para o tudo (do tudo para o nada)

Um dia ainda vou amar-te sem estares à espera. Assim do nada. Eu sei que vai ser assim do nada. Um tudo que vem do nada, é assim que vou amar-te e tu não vais estar à espera. Nem vais dar pelo amor e eu vou dar-me com tudo. Mesmo assim, do nada para o tudo, de repente, sem tu estares à espera. Vou estar aqui e vou dizer tudo o que me enche o peito. Vamos beijar o tudo e cair em nós, do nada. Sem estares à espera, eu vou esperar. Vou construir uma vida para os dois com tudo o que ficar depois do nada.

Um dia vou amar-te e tu não vais esperar. Eu sei que vais seguir e desaparecer. Do nada, o tudo vai ser nada em ti. O nada vai ser sempre tudo em mim, mal comece a amar-te sem esperar. E no nada um de nós vai sofrer, eu sei. Mas um dia vamos ser tudo sem um dia ser. E eu já te amo tudo assim do nada e tu não estavas à espera. E eu já te amo assim tudo e tu não ficaste à espera.

donadaparaotudo_obohemio

Gostas desta taberna? Então espalha as palavras ;)